Educação Tecnológica e Empregabilidade: Acompanhamento de Egressos da FATEC-SP

Autor: Rafael Gonçalves
Ano de Publicação: 2007
Curso: Gestão, Desenvolvimento e Formação
Tipo de Produção: Dissertação
Linha de Pesquisa: Formação Tecnológica

Resumo

O termo Educação Tecnológica foi difundido pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS), entre os anos 60 e 70, por meio dos cursos superiores de tecnologia, e está associado à tecnologia pelo trabalho e à inovação tecnológica. Seu objetivo é permitir ao profissional desenvolver uma visão da evolução da tecnologia, das transformações do processo de inovação e das estratégias para conciliar aspectos econômicos às condições da sociedade.

Diversas políticas públicas tratam a Educação Tecnológica de maneira semelhante à Educação Profissional, mas o autor procurou empregar Educação Tecnológica apenas para se referir ao ensino superior oferecido para formação de tecnólogos. Após o primeiro passo, dado pelo CEETEPS, houve a transformação das escolas técnicas federais em Centros Federais de Educação Tecnológica, a Lei Federal nº 9.394/96 de Diretrizes e Bases da Educação que tratou de divulgar o termo Educação Profissional e, neste início de século, a proliferação das instituições e organizações, em especial privadas, que oferecem cursos superiores de tecnologia.

A Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP), vinculada ao CEETEPS, foi uma das precursoras dessa modalidade de ensino e tem se mostrado, para atuais e futuros profissionais, uma alternativa para obter emprego, promoção ou melhor remuneração, ou ainda mudar de profissão ou área profissional. Pretende-se, então, analisar o potencial de empregabilidade do aluno egresso da FATEC-SP, por meio do acompanhamento, de sua inserção no mercado de trabalho, com o apoio dos dados obtidos por fontes como a obra de Peterossi (1999), a Assessoria de Avaliação Institucional (AAI) do CEETEPS, o Departamento de Processamento de Dados da FATEC-SP e por pesquisa realizada com todos os tecnólogos que participam ou participaram do Programa de Mestrado do CEETEPS.

Daí, algumas considerações no que tange à formação recebida e à receptividade pelo mercado de trabalho foram realizadas, tais como sobre as características socioeconômicas, profissionais e do mercado empregador, contribuição da formação em tecnologia, satisfação com a atividade profissional e com a carreira de tecnólogo, além da continuidade dos estudos após a graduação.


Palavra Chave

Acompanhamento de Egressos Educação Profissional e Tecnológica Empregabilidade FATEC-SP. Formação Profissional e Tecnológica