Estudo Sobre A Utilização Do Reator Biológico Com Biomassa Aderida Em Espuma De Poliuretano No Tratamento De Esgoto Sanitário

Autor: Rubens Francisco dos Santos
Ano de Publicação: 2016
Curso: Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos
Tipo de Produção: Dissertação
Linha de Pesquisa: Desenvolvimento Tecnológico em Sistemas Produtivos

Resumo

SANTOS, R. F. Estudo sobre a utilização do reator biológico com biomassa aderida em espuma de poliuretano no tratamento de esgoto sanitário. 126 p. f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2016.

O presente trabalho teve por objetivo comparar a remoção da matéria orgânica entre dois reatores biológicos de biomassa aderida empregados no tratamento do esgoto sanitário utilizando diferentes meios suportes. Com esse objetivo foi idealizado um arranjo experimental em escala de bancada constituído de dois filtros anaeróbios operando em paralelo, com diâmetro 100 mm x altura 1000 mm, empregando respectivamente a brita graduada nº 04 (filtro nº 01) e cubos de poliuretano expandido (filtro nº 02). A eficiência do sistema foi avaliada pela determinação de remoção da carga orgânica, utilizando como parâmetro a demanda química do oxigênio (DQO), retenção de sólidos e turbidez. Para um tempo de detenção hidráulica de 12 horas foram registrados os seguintes resultados: considerando uma DQO média no efluente de 264 ± 64 mg O2.L-1, o filtro nº 01 apresentou DQO igual a 166 ± 55 mg O2.L-1 e redução de turbidez de 45 ± 31,2 %, o filtro nº 02 apresentou DQO média igual a128 ± 60 mg O2.L-1 e redução na turbidez de 62 ± 20,6 %. A relação DQO/ DBO520 nas amostras variou entre 1,92 e 2,35 mg.L-1. Não se observou redução significativa de sólidos nos filtros nº 01 e nº 02, tendo em vista que o efluente a ser tratado apresentava uma concentração baixa de sólidos totais (ST), variando entre 42 e 197 mg.L-1, e média de 95 ± 53 mg.L-1. A partir da análise dos resultados pode-se concluir que nas condições adotadas para o estudo, o filtro anaeróbio preenchido com espuma de poliuretano foi mais eficiente na remoção da matéria orgânica em comparação ao filtro anaeróbio preenchido com brita graduada, além de apresentar um menor peso específico e uma maior área superficial para a formação do biofilme.


Palavra Chave

Águas residuárias Esgoto Reator biológico Saneamento