Modelo De Simulação Para Operação De Sistemas De Distribuição De Água Com Foco De Perdas Reais De Água

Autor:
Luiz Eduardo Mendes
Ano de Publicação:
2016
Curso:
Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos
Tipo de Produção:
Dissertação
Linha de Pesquisa:
Gestão de Sistemas Produtivos

Resumo

MENDES, L. E. Modelo de simulação para operação de sistemas de distribuição de água com foco na redução de perdas reais de água: 146p. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2015.

O estudo tem como meta verificar como os modelos de simulação hidráulica podem auxiliar na operação de um sistema de distribuição de água e quais os requisitos para sua utilização.

Às concessionárias responsáveis pela operação dos sistemas de distribuição de água brasileiras, tem como um dos principais problemas a perda de água, que atualmente apresenta a média de 38 %. A perda pode ser de duas naturezas, a chamada perda aparente, caracterizada pela sub medição dos micromedidores e a perda real que é provocada, em grande medida, pela má operação dos sistemas de distribuição de água.
A parcela real de perdas é uma das grandezas com maior dificuldade para sua quantificação. As poucas concessionárias que utilizam a técnica do balanço hídrico, estimam o valor de perdas reais como a sobra das perdas totais.

Para quantificar os volumes de perdas reais será verificada a viabilidade de utilizar os modelos de simulação, acoplado a um sistema SIG, com operação conjunta a um sistema SCADA, e assim estimar o volume de perdas reais, de forma contínua.

Outra aplicação, deste estudo, será com auxílio dos algoritmos genéticos para otimização de válvulas redutoras de pressão, tanto em sua locação, quanto em sua operação.

Palavras Chave

Modelagem hidráulica Operação de Sistemas de Abastecimento de Água Perdas Reais de Água