Técnicas e procedimentos anti-spam: Implementação do serviço de correio eletrônico corporativo utilizando software livre

Autor: Jasmil Aparecido de Oliveira
Ano de Publicação: 2005
Contato: jasmil@ig.com.br
Tipo de Produção: Monografia

Resumo

Spam é todo e-mail enviado a um ou mais usuários, sem que estes tenham explicitamente solicitado ou autorizado o seu envio. Apesar de spam ser um termo muito bem conhecido pelos usuários da rede, muitos não fazem idéia da complexidade técnica envolvida na contensão dessas indesejáveis mensagens eletrônicas.

Um item de constante pesquisa que inspira tempo e cuidado, é o que diz respeito à segurança em tecnologia da informação, especialmente no que se refere às “pragas virtuais” que têm como meio de propagação o e-mail. Portanto a construção de um protótipo de um servidor destinado a serviços de correio eletrônico, cujo principal foco e preocupação é o combate e contenção de e-mails indesejados, é o que a maioria das empresas busca como solução ao sistema de correio eletrônico. A adoção de tecnologias baseadas em softwares livres é de fundamental importância na apresentação dos resultados.

A escolha de um Mail Transfer Agent (MTA) seguro como o Postfix, utilizando o Spamassassin ou Bogofilter dentre muitos outros como técnica de filtragem anti-spam, o antivírus AmaVIS, além do acesso a RBLs e/ou SPFs para verificação de servidores, validação de DNS ou Blacklists, são implementações capazes de reduzir ao máximo o número de mensagens não solicitadas e caracterizadas como spam recebidas pelo servidor de correio eletrônico corporativo.